Opinião
segunda-feira, 23 julho 2018 15:29

Nutrição parentérica: reduzir custos e otimizar recursos em prol do doente e da eficiência dos cuidados prestados

Nutrição parentérica: reduzir custos e otimizar recursos em prol do doente e da eficiência dos cuidados prestados
Dr.ª Rita Oliveira, diretora técnica dos Serviços Farmacêuticos do Hospital CUF Infante Santo, Lisboa

A nutrição parentérica (NP) assegura o cumprimento das necessidades nutricionais e energéticas do doente, quando, na sua alimentação não lhe é possível utilizar o tubo digestivo. Exige-se da NP, quer no doente crítico, quer no recém-nascido pré-termo, um aporte completo e individualizado e que corresponda às suas necessidades nutricionais específicas e em cada momento do seu quadro clínico. O processo de preparação da formulação de NP na farmácia hospitalar é, por isso, um processo complexo e, acima de tudo, desafiante, quando enquadrado na realidade atual dos serviços farmacêuticos.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo

PUB

Farmacêutico News, n.º 43, janeiro/fevereiro 2020

Farmácia na 1ª Pessoa
Farmácia Curie. Diferenciação na suplementação nutricional oral

Farmácia Curie. Diferenciação na suplementação nutricional oral

A proximidade ao Insituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa torna a relação farmacêutico-utente mais estreita com pessoas que enfrentam uma doença oncológica. São de facto em maioria nos cerca de 200 a 300 utentes que entram diariamente nesta farmácia diferenciada em suplementos nutricionais. A Dr.ª Joana Casimiro é proprietária…
Na Farmácia Hospitalar
Hospital de Cascais: Colocar a tecnologia ao serviço do doente

Hospital de Cascais: Colocar a tecnologia ao serviço do doente

Hospital de Cascais